5G Brasil: há oportunidades para o pequeno provedor?

A rede 5G Brasil está chegando! Descubra as oportunidades que vão surgir para os pequenos provedores de internet com a nova rede.

A rede 5G Brasil não é uma novidade de última hora. A nova velocidade de internet começou a ser disponibilizada desde julho de 2020 em alguns pontos e já está em 10 capitais brasileiras.

Para quem conseguiu um acesso prévio, já foi possível perceber a melhoria na velocidade de rede, mas as outras funcionalidades da rede 5G vão ser disponibilizadas após o leilão da Anatel, que deve ocorrer em agosto deste ano (2021).

Entretanto, o 5G Brasil vai muito além de uma nova velocidade de conexão. O 5G vai contar com muitas oportunidades e até mesmo alguns desafios para os pequenos provedores. Segundo o Governo Federal a ideia é que, da mesma forma como o 4G revolucionou a vida das pessoas, o 5G possa revolucionar a indústria, trazendo mais tecnologia e atualizações para vários setores.

Confira agora mais sobre essa rede e as principais mudanças que vão acontecer:

5G Brasil, entenda mais sobre a rede

O 5G é a mais nova tecnologia de internet móvel, mas que ainda não está em pleno funcionamento em todo o território nacional. A rede faz uso de um menor espectro de rádio, permitindo que mais dispositivos possam se conectar ao mesmo tempo, sem perder qualidade de conexão.

Para conectar a rede será necessário um número bem menor de transmissores e receptores, que também devem ficar mais próximos ao solo. Essa maneira de transmissão vai evitar interferências de objetos ou outras formas que possam bloquear o sinal.

Dessa forma, a rede 5G vai precisar de antenas mais baixas, que vão espalhar pequenas ondas para mais transmissores, permitindo uma cobertura muito maior. Ou seja, o 5G Brasil vai aumentar a velocidade de download e upload, alcançar uma melhor cobertura, e ainda permitir conexões estáveis, mesmo com um grande número de aparelhos conectados.

Além disso, a internet 5G também vai trazer muitas novidades para os usuários. Permitindo desde o uso de óculos de realidade aumentada, recursos de realidade virtual e também videochamadas sem falhas e alta qualidade de imagem. Claro, esses são apenas alguns dos benefícios para os usuários ao conectarem-se ao 5G Brasil.

Em relação às indústrias, será possível otimizar processos. A partir da conexão 5G será possível conectar chips, drones, GPS e até mesmo grandes equipamentos, como tratores. Que, desta forma, poderão coletar informações em tempo real sobre condições climáticas ou mesmo saúde de animais em lavouras.

Possibilidades com a rede 5G

A ideia é que a rede 5G alcance todos os cantos do país, revolucionando o dia a dia com a nova conectividade e também o setor industrial. Pensando nisso, foi inaugurada a primeira antena da nova geração de internet em uma área rural de Rondonópolis, Mato Grosso.

Essa nova opção de conexão vai atualizar e acelerar processos. Trazendo informações, por exemplo, sobre a lavoura, saúde dos animais e até mesmo acionando irrigações a quilômetros de distância.

Além disso, a internet em áreas rurais também pode trazer mais conhecimento e oportunidades para os produtores. Com a digitalização do agronegócio, o Brasil poderá reduzir custos e otimizar a produção. Se tornando referência como produtor de alimentos, uma demanda que tende a aumentar nos próximos anos.

A instalação no Mato Grosso aconteceu com uma antena standalone, ou seja, um sinal de 5G puro, garantida por uma licença temporária, em caráter experimental. Entretanto, a instalação dessa rede standalone é um projeto para alcançar todo o território nacional, para que esteja disponível para todos os brasileiros.

Segundo o Ministério das Comunicações, a expectativa é que até o fim de 2021 tenham por volta de 20 pilotos de antenas 5G pelo país. E que até julho do próximo ano todas as capitais tenham acesso à internet 5G. Para a última previsão, todos os brasileiros terão acesso ao 5G até o final de 2028.

Oportunidades para pequenos provedores

Com essa nova rede a principal vantagem para os provedores será a diminuição de custos com cabeamento. Isso porque o provedor poderá usar equipamentos sem fio, que vão conectar-se à rede 5G Brasil e serão usados como um roteador wifi na área.

Além disso, por ser mais barata e mais eficiente, a rede 5G vai contribuir para a conectividade sem fio. Adicionando isso às small cells, que é um aparelho que permite ampliar o sinal de dados, será possível atingir mais áreas e melhorar a cobertura local de internet como um todo. Essa é uma maneira de fortalecer ainda mais a rede em regiões mais populosas e alcançar até mesmo áreas rurais mais distantes.

As antenas fixas de wireless, instaladas em cima das residências, também podem ajudar os provedores, retransmitindo a cobertura sem fio para usuários em ambientes fechados, para usuários móveis ou mesmo convertendo o sinal em wifi tradicional com modens e roteadores específicos.

Os desafios da 5G Brasil

Apesar de todas as melhorias e oportunidades, a rede 5G Brasil também traz consigo alguns desafios. Por ser uma rede móvel, muita gente proclamou que este seria o fim da banda larga. Porém, mesmo quando chegar de vez ao Brasil, a rede ainda não estará disponível para todas as regiões do país.

O primeiro aparelho Android a receber essa tecnologia foi o Motorola Edge. No sistema iOS a conexão está disponível em todos os modelos a partir do Iphone 12. Entretanto, outras marcas como Samsung e Xiaomi também apresentam aparelhos que já aceitam conexão 5G.

Os pequenos provedores podem se beneficiar com a rede 5G Brasil, investindo na expansão do seu negócio. E para se preparar para atender ainda mais usuários na sua rede, você precisa também trazer diferenciais para sua empresa. 

Enquanto o 5G não chega em sua cidade, que tal investir em serviço de valor adicionado? Com ele você pode equiparar a sua empresa às grandes marcas do mercado!

 

E a Watch Brasil pode ser sua parceira, confira agora mesmo como, clicando aqui

 

Se você já é parceiro, confira todas as suas vantagens e como atrair novos usuários com a Watch Brasil, acesse a nossa intranet e confira nossos conteúdos, clicando aqui

Veja também